Vendi uma peça usada, como fazer a entrega segura

Existem duas formas de enviar o produto para o cliente, através dos Correios, utilizando os serviços de PAC ou Sedex, ou através das mais diversas transportadoras disponíveis na sua região.

Porém, cada uma delas tem regras específicas para levar os produtos aos clientes. Nesse subtítulo, falaremos um pouco mais sobre o assunto. Não esqueça de visitar a guia: Sobre estoque e desmanche;

Entrega de peças usadas pelos Correios

Correios é ideal para entrega de peças pequenas.
Correios é ideal para entrega de peças pequenas.

Se você vender peças que não ultrapassem 30 quilos e os 105 cm de comprimento e que tenham menos de 200 cm no total, quando somados L x A x C, você poderá entregar pelos Correios.

Quando você vende pelo Mercado Livre e seleciona uma categoria que se enquadra no Mercado Envios (Falaremos mais sobre esse assunto no Modulo 3), o sistema do site te emitirá uma etiqueta que pode ser colada na embalagem e postada nos Correios. Esse é o melhor tipo de venda, pois você não precisa ficar correndo atrás do dinheiro do frete ou ter um susto na hora de postar o produto na agencia.

Por outro lado, pode acontecer de você vender peças diretas. Nesse caso, a primeira coisa que você precisa fazer é uma simulação de frete através do site dos Correios. Um sistema simples, onde é preciso colocar o CEP de quem envia, de quem recebe, o tipo de serviço e as medidas da caixa.

Quando simular um frete de uma peça sem a caixa, calcule sempre a mais, pois o peso e as medidas finais serão outras.
Declaração de conteúdo: Os Correios não exigem que as encomendas postadas por pessoas físicas sejam enviadas junto com nota fiscal, mas é preciso que o cliente envie uma declaração de conteúdo na parte externa da caixa. Veja mais em: https://www.correios.com.br/para-voce-voce/avisos/pdf/declaracao-de-conteudo-pdf.

Embalagem segura para os Correios

Não é segredo para ninguém que os Correios não têm muita paciência com as mercadorias transportas. Diante dessa situação, porque não caprichar na hora de embalar os produtos?

Não importa qual seja a peça, não economize no plástico bolha, pois o prejuízo vai ser bem maior se o cliente receber a peça danificada.

Opte sempre por usar um papelão mais duro ou caixas prontas, pois fazer caixas com papelão mole podem comprometer a qualidade da embalagem e até danificar o produto.

Entrega das peças por transportadoras

Diferentemente dos Correios, as transportadoras têm um limite de tamanho e peso bem maior. Porém, é preciso ter empresa registrada para solicitar os seus serviços.

A embalagem para transportadora é praticamente a mesma que para enviar pelos Correios. A maior diferença é que não precisa ser caixas, basta que o cliente envolva as peças em plástico bolha e papelão que está valendo.

É importante destacar que motores e caixas de marchas devem ser transportadas em palets, ou seja, na hora de fazer uma cotação de frete é preciso passar as medidas do palet e não somente da peça.

Outra diferença é que o cliente tem maiores dificuldade na hora de fazer uma simulação de frete através de transportadoras. Enquanto que nos Correios são precisos apenas alguns cliques no site, na transportadora é preciso fazer uma ligação para a unidade ou enviar um e-mail, que nem sempre te respondem.

Conclusões sobre transporte

Quando puder enviar pelos Correios, o faça, pois a burocracia é bem menor do que mandar por transportadoras. No entanto, nunca deixe de vender a seus clientes por conta do transporte. Se você não quiser registrar um CNPJ no início, não precisa, mas com o tempo você notará que fará toda a diferença, pois os clientes preferem comprar de empresas registradas.

Artigos relacionados

Como aumentar as vendas no Mercado Livre Agora falaremos sobre como aumentar as vendas do Mercado Livre e se tornar líder em vendas. Existem...
Vendendo as peças de carros usadas na internet Turbinando as vendas de peças pela internet O objetivo desse curso de compra de sucatas e venda de ...
Preparando o estoque de peças de sucatas no comput... O computador é principal ferramenta para o seu negócio de peças usadas, é com ele que você participa...
Como ser um vendedor confiável no Mercado Livre Não basta você dizer a seu cliente que você vende pelo Mercado Livre, é preciso ter um cadastro que ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *